CIEB Notas Técnicas: “Autoavaliação de Competências Digitais de Professores”

06 de maio /2019

Formar professores capazes de estruturar e implementar práticas pedagógicas apoiadas pelas Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs), de modo inovador e motivador, e que resulte no engajamento e na aprendizagem dos estudantes, é uma das ações centrais para o desenvolvimento da educação brasileira. No entanto, para que as formações oferecidas aos educadores transformem efetivamente suas práticas pedagógicas, é preciso compreender quais competências precisam ser trabalhadas. A partir daí, é possível planejar capacitações alinhadas com as expectativas e com as reais necessidades de desenvolvimento profissional.

Entende-se por competências a capacidade de atuação eficaz diante de uma situação complexa, mobilizadora de diferentes conhecimentos, recursos, atitudes e esquemas de ação e de avaliação (PERRENOUD, 1999). No contexto das TDICs, competências podem ser traduzidas como a capacidade de ação que integra ferramentas, recursos, interfaces e conhecimentos tecnológicos, pedagógicos e teóricos no planejamento, na prática e na reflexão sobre a prática, diante de situações inesperadas.

Assim, o CIEB, em parceria com especialistas, desenvolveu uma Matriz de Competências Digitais que elenca o que é necessário para que o docente faça uso efetivo da tecnologia, tanto para suas atividades de ensino, no contexto escolar, quanto para sua própria aprendizagem, em seu processo de atualização e desenvolvimento profissional.

LEIA NA ÍNTEGRA – NOTA TÉCNICA #15