CIEB Notas Técnicas: “Avaliação de projetos e políticas de TICs educacionais”

NOTA_TECNICA_13_imagem_site

29 de junho /2018

A adoção de tecnologias de informação e comunicação (TICs) na sociedade contemporânea está definindo novas formas de relações sociais, que são diretamente refletidas no ambiente escolar. Estudantes, professores e gestores escolares passam a incorporar cada vez mais estas tecnologias no seu cotidiano, transformando as dinâmicas nos processos de ensino e de aprendizagem.

Atentos a estas mudanças e ao rápido crescimento dos níveis de conectividade observados internacionalmente (Unesco, 2016), diversos países têm buscado dar mais organicidade e robustez aos seus investimentos em infraestrutura tecnológica nas escolas. Para tanto, nas últimas décadas, os governos têm se empenhado em produzir políticas públicas e planos específicos para a área de tecnologia educacional, de forma a otimizar seus investimentos e alcançar os resultados esperados.

Um dos grandes desafios desse processo é o desenvolvimento de indicadores (Sander, 1997) capazes de monitorar e avaliar os reais impactos das políticas públicas de tecnologia educacional. De acordo com estudos do Banco Mundial (2014 apud Infodev, 2005), a avaliação e o monitoramento de práticas proporcionam ao governo, aos gestores públicos e à sociedade civil melhores meios para aprender com experiências anteriores, para qualificar a prestação de serviços e a tomada de decisão, além de apoiar a prestação de contas para os principais atores envolvidos.

Assim, a partir desta Nota Técnica #13, o CIEB busca contribuir com o preenchimento dessa lacuna, descrevendo uma análise crítica de diversas referências para monitoramento e avaliação de políticas públicas de TICs para a  educação. Espera-se que este material possa subsidiar o processo de definição de indicadores que permitam qualificar o monitoramento de políticas nessa área.

LEIA NA ÍNTEGRA