EfeX é Espaço de Formação e Experimentação em Tecnologias para Professores, conceito concebido pelo Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB), a partir de uma ampla pesquisa sobre centros de referência internacionais na formação de professores para a inovação. Todos os elementos que estruturam o conceito EfeX dispõem de propostas de referência (plantas arquitetônicas, metodologias, guia de orientações, listas e especificações de equipamentos, diretrizes de formação, entre outros), como forma de garantir um padrão de excelência para esse conceito.

Cada EfeX é equipado com tecnologias de ponta, como: cortadora a laser, cortadora de vinil, kits de eletrônica e protoboard, kits de invenção, kits de robótica, além de notebooks e tablets. Também há ferramentas para a criação de mídias, como um tecido específico (chroma-key) para produções audiovisuais, câmera fotográfica e kits de iluminação. Esses recursos estão alinhados com as diretrizes de formação do EfeX, de modo que o professor trabalhe não apenas suas utilizações, mas, principalmente, direcione seus usos para aprimorar as práticas pedagógicas por meio de metodologias ativas e inovadoras.

Formações ativas e contato com a tecnologia por meio da experimentação são as bases do EfeX. Muitas vezes, os professores, apesar de ter a percepção de que o uso de tecnologias em sala de aula aumenta a motivação dos alunos, não sabem como utilizá-las de modo eficaz e contextualizado com os conteúdos a serem transmitidos. O EfeX se propõe a mostrar caminhos possíveis para o uso concreto de tecnologias no cotidiano escolar, por meio de atividades teóricas e práticas com os professores. O conceito visa criar um ambiente no qual os professores se sintam à vontade para conhecer e testar novos equipamentos, plataformas digitais e metodologias inovadoras de ensino, desenvolvendo as competências necessárias para aprimorar suas práticas pedagógicas.

Ilustraçãoso do projeto do efeX

Diretrizes de Formação


O CIEB desenvolveu uma série de diretrizes de formação para orientar as primeiras formações no EfeX. Ensino híbrido, cultura maker, gamificação, recursos digitais para publicação e compartilhamento e avaliação por meio de recursos digitais são alguns dos temas contemplados nas diretrizes, que têm foco na formação ativa dos professores pela experimentação, e no desenvolvimento de planos de aula que incorporam tecnologia ao dia a dia das salas de aula.

Qualquer professor da rede pública de ensino pode participar das formações do EfeX. Os professores interessados poderão contatar a sua Secretaria de da Educação, que gerenciará a divulgação e a oferta das formações.

Resultados guia EduTec gráfico

O Projeto


Tendo como referência diversos projetos nacionais e internacionais de espaços inovadores para uso de tecnologias, o CIEB concebeu um projeto que permite que as instituições de ensino ou secretarias de Educação, municipais ou estaduais, possam se apropriar desse conceito e promover as adaptações necessárias às suas realidades locais, de forma a atender da melhor maneira possível, as necessidades de formação de seus docentes. Assim, as formações ocorridas no EfeX podem ser desenvolvidas de acordo com os planos de inovação e tecnologia e com as demandas de cada Secretaria de Educação. Além disso, todos os EfeX estarão conectados em rede, com o intuito de estímulo ao compartilhamento das melhores práticas e planos de aula desenvolvidos nas formações.

A proposta central do projeto é oferecer um espaço flexível, que permita o uso de diferentes metodologias inovadoras de ensino por meio de tecnologia, que tenha um design moderno e sustentável. O projeto tem o propósito de ser referência para construção do espaço, apresentando propostas para as adaptações a diferentes espaços.

Projeto efeX