O Guia EduTec é um instrumento de gestão gratuito, que permite fazer o diagnóstico do grau de adoção de tecnologia nas redes públicas de ensino e em cada escola das redes. Os dados gerados pela ferramenta fornecem orientações sobre as melhores práticas e subsídios para a formulação de políticas educacionais inovadoras.

Desenvolvido pelo CIEB com base em ferramentas semelhantes aplicadas em outros países, o Guia EduTec considera que o uso de tecnologia para a educação (para apoiar a aprendizagem e a gestão) só atinge seu pleno potencial quando leva em consideração quatro elementos, que devem se integrar, em equilíbrio: visão, competência, conteúdos e recursos digitais e infraestrutura.

Na prática, isso significa, por exemplo, que não adianta investir em infraestrutura e não capacitar os professores; ou que não é produtivo estabelecer estratégias ambiciosas para o uso de tecnologia sem fornecer a conectividade e os conteúdos pedagógicos adequados.

O sistema, muito simples de implementar, é baseado em questionário on-line que afere o grau de adoção de tecnologia nas redes de ensino e nas escolas. Depois de enviar as respostas, online, os diretores de escola recebem – em tempo real – uma devolutiva com os diagnósticos com ações que a escola pode realizar para que a tecnologia contribua cada vez mais para a gestão e a aprendizagem.

Resultados guia EduTec capa
Resultados guia EduTec tabela

Em uma etapa posterior, a equipe gestora e o Secretário de Educação recebem um relatório analítico da rede. São essas informações e orientações que vão ajudar a definir as prioridades e traçar as estratégias de inovação educacional.

Resultados guia EduTec gráfico
Resultados guia EduTec gráfico

Diagnóstico das redes estaduais


Em 2016, o Guia EduTec foi implementado em 14 estados. Os resultados indicaram que há grandes diferenças, entre as redes de ensino, em relação à adoção de tecnologia. Dentro das redes de ensino também é possível notar acentuadas disparidades entre as quatro dimensões que sustentam uma política de uso de tecnologia eficaz - visão, competências, conteúdos e recursos digitais e infraestrutura.


CLIQUE AQUI E CONFIRA OS RESULTADOS DO GUIA EDUTEC EM 2016

QUATRO DIMENSÕES
NO USO DE TECNOLOGIA


VISÃO


Refere-se ao quanto acredita-se que a tecnologia tem o potencial de impactar positivamente as escolas, promovendo um ensino de qualidade e uma gestão escolar eficaz. Engloba, ainda, as maneiras em que tal crença se reflete em estratégias e políticas planejadas para que as escolas atinjam seus objetivos.

COMPETÊNCIA


É a dimensão que indica as habilidades e competências que diferentes atores precisam ter para o uso potencializado de tecnologias na educação. Inclui as habilidades de professores (seu conhecimento sobre recursos tecnológicos; as capacitações que recebem para isso; as formas em que os utilizam em suas práticas pedagógicas; a habilidade em orientar o uso de recursos tecnológicos por alunos; sua capacidade de desenvolver novos conteúdos digitais) e de diretores e coordenadores (sua habilidade de utilizar recursos tecnológicos para melhorar a gestão escolar e apoiar professores e alunos a os utilizarem melhor).

CONTEÚDOS E RECURSOS DIGITAIS


Refere-se ao acesso e uso de programas, aplicativos e conteúdos digitais usados na instituição escolar, que incluem, por exemplo, materiais de aprendizado de certas disciplinas, jogos ou vídeos educacionais, assim como sotwares e aplicativos que facilitam a gestão educacional.

INFRAESTRUTURA


A disponibilidade e qualidade de computadores e outros equipamentos, além do acesso e qualidade da conexão com a internet. Isso inclui a gestão e disponibilidade de ferramentas como computadores, notebooks, tablets, conexões com cabo e sem fio, servidores e serviços de armazenagem na nuvem.