Joinville investe em formar professores em tecnologias educacionais

Secretários Danilo Conti (Sepud) e Roque Mattei (SED);  o prefeito de Joinville, Udo Döhler; Lúcia Dellagnelo, diretora-presidente do CIEB.

Secretários Danilo Conti (Sepud) e Roque Mattei (SED); o prefeito de Joinville, Udo Döhler; Lúcia Dellagnelo, diretora-presidente do CIEB.

20 de março de 2018

A rede de ensino do município de Joinville (SC) acaba de ganhar um equipamento de ponta para impulsionar a inovação educacional. Foi assinado um acordo de parceria entre a Secretaria de Educação do município e o CIEB para implantação de uma unidade Efex, Espaço de Formação e Experimentação em Tecnologia para Professores. Este será o terceiro Efex do país. Mais dois estão em funcionamento nas cidades de Blumenau (SC) e Maceió (AL).

O Efex Joinville vai ser instalado em uma área de 175 m2, no Centro XV, um centro de educação profissional da prefeitura. A previsão é de que o espaço esteja pronto para entrar em operação ainda este semestre. O prefeito Udo Döhler disse que a prefeitura também vai trabalhar com apoio técnico do CIEB no desenho de uma nova metodologia de compra de tecnologia para a educação. Para Lúcia Dellagnelo, diretora-presidente do Efex, essa parceria vai proporcionar a oportunidade de o CIEB colaborar para a inovação nas escolas da rede de ensino, mas também de o CIEB aprender, com o município, que já promove uma séria de inovações na gestão pública de educação.

Conceito de inovação

Desenvolvido pelo CIEB, o Efex é um espaço destinado a formação continuada de professores de todos os níveis das redes públicas de ensino básico. A proposta é que os professores se sintam à vontade para conhecer e testar tecnologias de ponta, como cortadora a laser, cortadora de vinil, kits de eletrônica e protoboard, kits de invenção, kits de robótica, notebooks, tablets, câmera fotográfica e kits de iluminação.