O Prêmio Professores do Brasil divulga os vencedores da temática especial Uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional

CIEB-Premio-Professores-Brasil-600x314

06/11/2017

Como iniciativa do Ministério da Educação (MEC), o evento, que está na 10ª edição, valoriza os professores das redes públicas que desenvolvem experiências bem-sucedidas, criativas e inovadoras em sala de aula.

 

Este ano, além das seis categorias tradicionais, foram criadas quatro temáticas especiais: 1) O esporte como estratégia de aprendizagem; 2) Conservação e uso consciente da água; 3) Uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional; e 4) Estímulo ao conhecimento científico no Ensino Médio.

 

O CIEB, Centro de Inovação para a Educação Brasileira, parceiro do MEC nesta edição do Prêmio, foi responsável pela temática Uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional. Essa temática recebeu, como finalistas, 35 inscrições, sendo 16 da alfabetização e dos anos iniciais do ensino fundamental, 7 dos anos finais do ensino fundamental e 12 do ensino médio.  

 

Com o intuito de assegurar a transparência e a publicidade desta seleção, foi utilizada, além dos critérios de avaliação do MEC, uma matriz de avaliação com critérios e pontuações que serviram como base para as leituras dos projetos, analisando o uso inovador das TICs na educação. Essa matriz, desenvolvida pelo CIEB, em parceria com o Instituto Inspirare e o portal Porvir, contemplou vários aspectos: nível de personalização, interatividade dos alunos com o conhecimento, autonomia dos alunos, espaço para produzir conhecimento, papel do professor, colaboração entre os alunos e formas de avaliação.

 

O CIEB convidou duas especialistas em educação para ler e analisar os projetos inscritos: Márcia Padilha, mestra em História Social (USP) e fundadora do programa Criamundi, tendo atuado nos últimos 20 anos em diversas organizações do Brasil e da América Latina com o desenvolvimento de projetos para a educação; e Lilian Bacich, doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano (USP), coordenadora do curso e organizadora do livro “Ensino Híbrido: personalização e tecnologia na educação”, com vasta experiência em educação básica e superior.

 

Os vencedores da temática especial Uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional foram:

 

Anos iniciais do ensino fundamental

Katia Bomfiglio Espindolo, de Porto Alegre (RS), com o projeto “Conta uma História?!” – um projeto pró-inclusão escolar, literatura e acessibilidade, na EMEF Deputado Marcírio Goulart Loureiro.

 

Anos finais do ensino fundamental

Mari Cecilia Silvestre da Silva, de Icapuí (CE), com o projeto Água, fonte de vida em Redonda, na EEF Horizonte da Cidadania.

 

Ensino Médio

Jayse Antonio da Silva Ferreira, de Itambé (PE), com o projeto Vamos enCURTAr essa história?, na EREM Frei Orlando.

 

Cada vencedor receberá R$ 5 mil, além de um troféu de reconhecimento, oferecidos pelo CIEB.