Os principais caminhos para levar tecnologia às escolas e transformar a educação brasileira

capa3

24 de setembro de 2018

capa-1O CIEB elaborou um documento que destaca o potencial da tecnologia para enfrentar os atuais desafios educacionais do Brasil, de forma a promover uma educação básica com mais qualidade e equidade. O objetivo desse documento é apoiar as equipes dos candidatos ao poder executivo e ao poder legislativo desta eleição, fornecendo informações que possam qualificar suas propostas na área de educação.

O texto apresenta uma agenda para a educação brasileira com foco na transformação das escolas públicas em Escolas Conectadas, conceito que se refere às escolas que têm “uma visão estratégica e planejada para incorporação da inovação e da tecnologia em seu currículo e suas práticas pedagógicas, com equipe capacitada para o uso de tecnologia, que utilizam recursos educacionais digitais selecionados e que dispõem de equipamentos e conectividade adequada”.

Segundo Lúcia Dellagnelo, diretora-presidente do CIEB, a ideia foi “sistematizar alguns dos principais problemas que a educação brasileira enfrenta e descrever o potencial das tecnologias para avançar em cinco principais pontos: melhorias na gestão do sistema educacional; qualificação da formação de professores; desenvolvimento de currículos e práticas pedagógicas inovadoras; uso de recursos educacionais digitais; adequação das infraestruturas nas escolas. “Escrito em linguagem acessível e estruturado em blocos que trazem respostas para encaminhar soluções, o documento aponta demandas nacionais na educação básica, tanto no aspecto pedagógico quanto na gestão.

Leia a íntegra do documento:

Agenda Candidatos