Rede IEB se integra à CO+INCIDE, plataforma de colaboração para pesquisa e inovação em educação para a América Latina e Caribe

CIEB-SUMMA-Mesa

11 de abril de 2018

O CIEB se integrou, por meio da Rede IEB, à plataforma CO+INCIDE, iniciativa da organização educacional chilena Summa para impulsionar a colaboração e a pesquisa e inovação em educação para a América Latina e Caribe. Lançada dia 29 de março, durante o congresso Comparative and International Education Society (CIES), no México, a CO+INCIDE conta com 70 integrantes de 14 países, entre organizações públicas, privadas e da sociedade civil.

As instituições que fazem parte da plataforma podem o conhecer o estado de desenvolvimento do ecossistema educacional dos países-membros, assim como as últimas ações de organizações, inovadores, pesquisadores e líderes educacionais; colaborar com as mais importantes redes do âmbito educativo na região, para escalar impacto; conectar-se com potenciais financiadores para impulsionar seus projetos; compartilhar notícias, eventos, publicações e atividades; incidir sobre as políticas e práticas educacionais locais e regionais.

A Summa é um laboratório criado, em 2016, em parceria entre o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Fundação Chile, com apoio de sete ministérios da Educação da região: Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru e Uruguai. Um de seus principais objetivos é incidir sobre os processos de decisão de políticas e práticas educativas mediante o uso de evidências científicas de qualidade. O modelo Summa de atuação se baseia em três frentes: a realização de estudos e a geração de evidências em temáticas prioritárias da região; a sistematização de evidências por meio de recompilação, classificação e síntese do conhecimento disponível; e a difusão e uso do conhecimento por meio de informes de políticas, produção de guias para implementação de intervenções efetivas e do trabalho colaborativo com distintos atores-chave do sistema educativo.

Como parte de sua estratégia, a Summa contempla a criação e o fortalecimento de redes de colaboração que facilitem o intercâmbio entre geradores de políticas, produtores de conhecimento e inovação, financiadores e a comunidade escolar, como a Co-incide.