Seminário Temático sobre a Docência aborda o tema da cultura digital

janine

5 de outubro de 2018

 

O Instituto Singularidades realizou, de 3 a 5 de outubro, o Seminário Temático sobre a Docência IV, com o tema Culturas Digitais. O evento – uma disciplina obrigatória, e de caráter interdisciplinar, nas licenciaturas de pedagogia, matemática e língua portuguesa – tem o intuito de abordar conteúdos necessários para a prática docente contemporânea. A questão da cultura digital é um dos temas emergentes e urgentes a serem tratados no âmbito educacional. A tecnologia permeia a vida profissional e social das pessoas, de modo irreversível. Conhecer o mundo digital é uma necessidade dos educadores.

Por isso, o seminário reuniu especialistas, entre os quais Janine Schultz, gerente de educação, e Lidiana Osmundo, analista de educação do CIEB. As palestras e debates com os alunos de graduação trataram de temas como Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a cultura digital, segurança e ética na rede, algoritmos e redes sociais, cultura digital nas escolas, novas mídias e ativismo na rede.

Lidiana falou sobre a presença de tecnologia na BNCC, destacando os conteúdos que devem ser trabalhados com os alunos para que possam enfrentar os desafios do mundo contemporâneo. “Para orientar as redes de ensino na construção de propostas curriculares inovadoras, o CIEB desenvolveu um Currículo de Referência em Tecnologia e Computação, que atende da Educação Infantil ao Ensino Fundamental II, trazendo sugestões de práticas que ajudem a desenvolver nos estudantes competências e habilidades relacionadas a tecnologia e a computação”, diz Lidiana.

Importante fator para a implementação eficaz de tecnologia no processo de ensino e aprendizagem, a formação dos professores foi o tema da palestra de Janine Schultz. A partir do entendimento de que os docentes precisam de formação continuada para se apropriar da tecnologia, Janine apresentou as diretrizes de formação elaboradas pelo CIEB para o Espaço de Formação e Experimentação em Tecnologias para Professores (Efex). As diretrizes trazem orientações para que os professores adotem práticas como ensino híbrido, cultura maker, gamificação, plataformas adaptativas, entre outros. “Muitos professores sabem que o uso de tecnologia em sala de aula motiva e engaja os alunos, mas não sabem como utilizar os recursos tecnológicos para melhorar a aprendizagem dos conteúdos dos currículos e promover a formação integral dos alunos”.

Formação de professores

BNCC e cultura digital