Voltar à lista

Pensamento crítico auxilia no desenvolvimento de soft skills

Mapeamento Sistemático sobre evidências do desenvolvimento de habilidades socioemocionais via meios digitais para crianças do século 21

Universo Analisado
19
artigos acadêmicos
Publicados de
2013
a
2019
Principal Pergunta de Pesquisa

Quais evidências existem que relacionam o uso de tecnologias educacionais para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais/ (soft skills) na educação brasileira?

Principal Achado
Outros Achados

A pesquisa informa o cronograma de execução, bem como, tempo e/ou período utilizado para realizar a coleta dos dados?

Em relação ao Pensamento Crítico dos (19 estudos) selecionados, (18 estudos) apresentaram cronogramas parciais, e apenas (1 estudo) cronograma completo. Alguns estudos apresentaram maiores detalhes como quantidade de semanas, quantidade de sessões e quantidade de dias em que a intervenção foi feita. Que, por sua maioria são estudos realizados em um dia.

São mencionadas as ameaças à validade e também como essas ameaças afetam os resultados e conclusões?

(1 estudo) não apresentou ameaças a validade e (18 estudos) apresentaram de forma parcial. Vale ressaltar que é importante informar as ameaças para que em uma eventual replicação tenha-se noção de fatores de risco a validação e como mitigar esses fatores.

Qual a distribuição dos estudos encontrados em bases internacionais/ nacionais e em quais estados (em caso de bases nacionais)?

Todos os estudos selecionados são brasileiros distribuídos nos estados de Rio grande do Sul (4 estudos); Paraíba, São Paulo, Amazônia e Paraíba (3 estudos cada); Alagoas, Pernambuco, Distrito Federal e Bahia, (1 estudo cada).

Qual data de publicação do estudo?

O escopo é formado por estudos de 2009 a 2019. Existe um aumento de estudos comparando ao ano de 2013 (1 estudo), 2014 (1 estudo), 2015 (4 estudos), 2016 (2 estudos), 2017 (3 estudos), 2018 (6 estudos) e 2019 (4 estudos).

Há algum custo para implementação?

Nenhum dos estudos informaram o custo para implementação. Acredita-se que as atividades propostas para a o desenvolvimento do Pensamento Crítico sejam de baixo custo, que por sua maioria utilizam a ferramenta Scratch .

Qual tipo de escola o estudo é realizado?

(14 estudos) foram em escolas públicas, (3 estudos) em escolas particulares e (2 estudos) não informaram o tipo de escola. Desse total, todas as escolas são brasileiras, por sua maioria na região nordeste.

Qual tipo de intervenção é realizada?

Foram identificados os seguintes tipos de intervenções: Relato de caso (7 estudos); Caso-controle (experimento) (5 estudos); Experimento Único (4 estudos); Quase-experimento (2 estudos); e Estudo de caso (1 estudo). Nota-se a uma tendência a estudos que levem um rigor mais estatístico em suas evidências, como nos estudos de caso-controle(experimental) e experimento de caso único.

Qual a distribuição dos estudos encontrados referentes ao tipo de publicação?

Houveram estudos publicados em periódico (2) e conferência (17). Nota-se o bom espaço dado a estudos relacionados ao tema em conferências nacionais.

Qual a idade média do público ?

(3 estudos) não informaram a idade média. A idade média do público nas aplicações para o desenvolvimento do Pensamento Crítico foi expressa em 16 dos 19 estudos selecionados, apresentando idade média entre 6 e 25 anos.

Qual o tipo de público do estudo ?

Os estudos selecionados são direcionados para alunos (19 estudos).

Qual a técnica/método estatístico usado para avaliar a evidência ?

Quanto aos dados analisados em relação aos estudos sobre o Pensamento Crítico, não foi identificada nenhuma padronização no que se trata a métodos estatísticos usados para avaliar as evidências. Muitos estudos apresentaram diversos questionários e avaliações. Dos identificados podemos Cronbach , Pearson, Cohen, teste t, e Escala Likert de 5 pontos.

Sobre qual área/subárea a intervenção é realizada ?

Quanto aos estudos analisados, as intervenções são na área de Letramento Matemático – Pensamento Computacional (19 estudos).

Qual a quantidade por gênero da amostra ?

Quanto aos dados analisados em relação aos estudos referentes ao Pensamento Crítico, a distribuição por gênero nem sempre foi expressa, totalizando 12 estudos sem especificação. Nos estudos especificados, (7 estudos), 78 participantes do gênero masculino e 79 participantes do gênero feminino, totalizando 157 participantes.

Qual a escolaridade dos participantes?

Os estudos selecionados referentes ao Pensamento Crítico se concentram em Ensino Fundamental 1º ao 5º ano (7 estudos); Ensino Fundamental 6º ao 9º ano (2 estudos); Ensino Médio (5 estudos); e não declarados (5 estudos).

Há o uso de tecnologias educacionais ou digitais?

Quanto aos dados analisados em relação aos estudos sobre Pensamento Crítico, os principais tipos de tecnologia empregados são Jogos Digitais e a ferramenta Scratch . Os 19 estudos apresentam o uso de tecnologias digitais para desenvolver o Pensamento Crítico.
Produção de conhecimento sobre o tema

As intervenções identificadas são, na maioria, de curta duração, e com grupos reduzidos de alunos. Estudos sobre as habilidades socioemocionais nas escolas públicas estão distribuídos pelas regiões Nordeste (38%), Sudeste (25%), Sul (19%), Norte (12%) e Centro-oeste (6%). No geral, as evidências de desenvolvimento do Pensamento Crítico são avaliadas por técnicas/métodos estatísticos mais rigorosos (teste t, escala Likert) que fornece mais apoio as evidências, além de testes para avaliação do seu desenvolvimento.

Desafios Encontrados
Palavras-chaves
Algorithmic Thinking Aprendizagem socioemocional Educational Tools Ferramenta educacional Non-cognitive skills Pensamento Algorítmico Soft Skills
Autores
  • Cícero Gonçalves dos Santos
  • Maria Augusta Silveira Netto Nunes

Nenhum artigo nesta revisão

Carregando...